Criolipólise, tratamento não invasivo para gordura localizada

GORDURA LOCALIZADA e CRIOLIPÓLISE

Durante décadas, o único procedimento aceito para a redução da gordura corporal foi a lipoaspiração. No entanto, tal procedimento envolve anestesia, centro cirúrgico e cortes na pele. Atualmente, homens e mulheres têm buscado procedimentos minimamente invasivos, que podem ser feitos num período de até duas horas (lunch time) com o intuito de manter sua aparência jovem e aumentar sua atratividade. O número de procedimentos cirúrgicos declinou em 16% desde os anos 2000 e, em contrapartida, o número de pequenos procedimentos aumentou em até 137%, os quais visam a melhoria do contorno corporal.

Uma das tecnologias disponíveis para as pessoas que desejam reduzir a gordura corporal é denominada criolipólise. O tratamento parte da premissa que a célula de gordura é mais sensível ao frio que as outras células corporais. O aparelho permite a aplicação precisa de baixas temperaturas, causando a morte das células de gordura e consequente resposta inflamatória. Após catorze a trinta dias do procedimento há reabsorção da gordura tecidual como parte da resposta natural do organismo.

O Coolthech é um aparelho de terceira geração de criolipólise. Este contém vários aplicadores para diferentes partes do corpo, como barriga, costas, papada e “culotes”. Os aplicadores são compostos por duas placas de resfriamento que são acopladas na área de tratamento sob sucção. Durante 35 a 70 minutos a máquina controla a temperatura da área tratada. Após a sessão, é realizada massagem para melhorar o resultado clínico e o paciente é liberado para continuar suas atividades.

O número de sessões depende da área a ser tratada. Enquanto podem ser alcançados bons resultados para as costas com apenas um tratamento, barriga e coxas necessitam de pelo menos duas sessões com dois meses de intervalo para que a resposta inflamatória se resolva. Os estudos demonstram que em apenas uma sessão consegue-se a redução aproximada de 25% da gordura na área de aplicação; notável depois de dois a 3 meses.

Efeitos colaterais esperados são eritema (vermelhidão) temporário, coceira e diminuição da sensibilidade local que se resolvem em aproximadamente catorze dias. A queixa mais comum é dor de início tardio que começa duas semanas após o procedimento e apresenta resolução espontânea.

A criolipólise é considerada tratamento seguro e efetivo para todos os tipos de pele. Apresenta alta taxa de satisfação dos pacientes após um tratamento e é segura para reaplicação. Os melhores candidatos para tratar com a criolipólise são pessoas de peso corporal ideal e que mantém exercícios regulares e dieta saudável.